Imagina na copa

Inspire-se com as histórias que encontramos

Aqui você assiste toda semana a uma nova história de quem está transformando o país para melhor. São projetos e ações
de pessoas que fazem seu melhor onde estão e com o que têm para mudar o Brasil. Até a abertura da Copa do Mundo,
em 12 de junho de 2014, serão 75 documentários para inspirar você.
Se quiser indicar um projeto para a gente, fique à vontade! Se quiser colaborar para o próximo, faça uma doação.

História #24 – Sociedade do Sol

Por Marcellye Miranda

É no Concórdia, bairro da nossa Beagá, que rola a história de hoje.

O Rafael Xavier, geógrafo de formação e educador de coração, resolveu usar o que tinha aprendido durante sua trajetória de vida em prol de uma sociedade mais sustentável. E como ele fez isso?  Aproveitando a energia do sol!

Vivemos num país tropical com altas taxas de radiação solar o ano inteiro. E por que não aproveitar isso para gerar energia? Foi pensando nisso que o Rafa saiu de BH partiu para São Paulo, a famosa terra da garoa, para aprender como fazer e como ensinar uma tecnologia inovadora e totalmente brasileira: o aquecedor solar de baixo custo (ufa, que nome grande, vamos chamá-lo intimamente de ASBC, ok?), desenvolvido pela Sociedade do Sol, uma ONG com um objetivo admirável. Tudo começou como um projeto de extensão para a disseminação popular da energia solar no Museu de História Natural da UFMG.

E o que é o ASBC? É um aquecedor de água que usa a energia do sol e é feito de materiais bem mais baratos em relação aos que normalmente são usados, além do fato de usar técnicas construtivas que até eu, ser humano super desajeitado, consigo fazer, como furo, colagem, pintura e montagem.

E como ele faz isso? Ele ministra cursos de 8h cada ensinando como fazer e como instalar esses aquecedores. Todo mundo pode fazer os cursos, já tendo passado por lá todo o tipo de gente nas mais de 3.000 pessoas atingidas por ele. O curso é “baratim”, sendo acessível pra todo mundo 😉 e no final ele ainda sorteia um aquecedor para a galera.

Com o passar do tempo, o Rafael, empreendedor que é, notou um problema de logística de compra dos materiais pelas pessoas e resolveu virar distribuidor de todos os materiais necessários para a confecção dos painéis. Hoje, além dos cursos, sua renda está ligada à venda desses materiais. Antes desse momento as pessoas tinham dificuldade na compra dos materiais, pelo fato de cada loja vender um produto específico e o cliente ter que ficar rodando BH inteira para achar todos os materiais necessários para a confecção do ASBC, agora é só ligar pra ele e combinar direitinho.

O ASBC, como o próprio nome diz, tem um custo mais baixo, sendo acessível à maior parte da população e o Rafa ainda deu uma dica para galera que ta apertada: “vai comprando as coisas aos pouquinhos, cada mês compra uma parte e depois monta”, e no fim das contas o aquecedor é um investimento, pois o custo da conta de energia é reduzido bastante depois da instalação – cerca de 30% a 40%.

Se você é de Minas e curtiu a idéia, entra em contato com o Rafa, além de gente fina ele entende muito do assunto:

https://www.facebook.com/rafael.xavier.182940?fref=ts

E se você não é, dá uma olhada no site da Sociedade do Sol e lá vai ter o contato dos outros monitores espalhados pelo Brasil:

http://www.sociedadedosol.org.br/comofazer_monitores.htm

E se você acha que tem uma habilidade um pouquinho maior, rola de dar uma olhada na apostila que tem no site da Sociedade do Sol e tentar montar o seu mesmo sem ajuda. \°/

Você ainda está em dúvida se vale a pena? Então, já que sou um protótipo de engenheira, aqui vão alguns números que coletei na internet que podem ajudar na reflexão:

  • Para cada m2 de coletores de energia solar a cada ano, deixa-se de inundar 55 m2 de área (geralmente são áreas com alto potencial agrícola).
  • 1 m2 de coletor instalado = economia de 215 m3 de lenha
  • 1 m2 de coletor instalado = economia de 73l de gasolina
  • 1 m2 de coletor instalado = economia de 66l de diesel

O sonho do Rafa é um aquecedor solar para cada lar, vamos fazer nossa parte e ajudá-lo nessa meta?

Galeria de fotos:

Parceiros estratégicos

Parceiros

Divulgação

Apoio