Imagina na copa

Inspire-se com as histórias que encontramos

Aqui você assiste toda semana a uma nova história de quem está transformando o país para melhor. São projetos e ações
de pessoas que fazem seu melhor onde estão e com o que têm para mudar o Brasil. Até a abertura da Copa do Mundo,
em 12 de junho de 2014, serão 75 documentários para inspirar você.
Se quiser indicar um projeto para a gente, fique à vontade! Se quiser colaborar para o próximo, faça uma doação.

História #19 – Seu Estrelo e o Fuá do Terreiro

 

Seu Estrelo, por Davi Carvalho.

Brasília e o Distrito Federal são um mosaico cultural, uma síntese do Brasil inteiro. Muito além dos sonhos de JK e Dom Bosco, a região da nova capital é formada por manifestações culturais de todo o país, onde merecem destaque as culturas populares. Vindas, inicialmente, com a migração dos primeiros construtores e suas famílias, que foi continuada nas décadas seguintes, o DF é composto por manifestações como o maracatu, o mamulengo, o coco, o bumba meu boi, a capoeira, o circo e inúmeras outras, que enriquecem a cena cultural da capital.

Foto1-Texto

 

Essas manifestações são muito fortes e vivas, se reinventando e se atualizando com o passar do tempo, sempre inseridas no contexto do Distrito Federal. E, dentre essas várias e riquíssimas manifestações de cultura popular, uma merece destaque, pela inovação que procurou trazer. O grupo Seu Estrelo e o Fuá do Terreiro surgiu em 2004, com uma pretensão, que era a de criar uma brincadeira e uma tradição para a cidade. Tico Magalhães, capitão do grupo, nasceu em Recife e, quando veio para Brasília, conheceu muitas dessas manifestações, mas sentiu falta de alguma que fosse originada na cidade, que contasse as histórias da capital e da região em que está inserida a partir de elementos locais, como o cerrado, por exemplo. Assim, junto com outros artistas, criou o grupo Seu Estrelo e o Fuá do Terreiro, que tem como base o Mito do Calango Voador e também um novo ritmo, batizado como Samba Pisado.

Foto2-Texto

 

A ideia, segundo Tico, era deixar algo para a cidade, uma brincadeira, com histórias e figuras místicas, que trabalhem o imaginário e a identidade da população. Entre os trabalhos desenvolvidos pelo grupo, além das apresentações musicais e as de teatro, que contam o mito do Calango Voador, tem destaque os que geram visibilidade para a cultura popular, como, por exemplo, o Festival Brasília de Cultura Popular, que acontece todos os anos desde a formação do grupo, que traz manifestações do país todo, e também as que estão inseridas no DF. O Festival proporciona apresentações, oficinas, debates e várias atividades que promovam a cultura popular, além de ser uma maneira de celebrar o Mito e a cidade.

Além disso, durante todo o ano o grupo realiza diversas oficinas, como de teatro, batuque, bordado, dança etc. E ainda conta com um projeto intitulado Orquestra Alada Trovão da Mata, que se trata de uma orquestra aberta de batuque, que junta o novo ritmo do Samba Pisado com o maracatu, realizando cortejos pela cidade e possui o intuito de fazer o cortejo para a chegada do Calango Voador, no Festival.

O Seu Estrelo também realiza projetos, como a Caravana Seu Estrelo, que viajou pelo DF e o Brasil para conhecer e divulgar nossas raízes culturais, e também o documentário Retratos de um povo inventado, que divulga e apresenta diversas manifestações de cultura popular do Distrito Federal.

Com a inicial pretensão de criar uma brincadeira e tradição para a cidade, o grupo Seu Estrelo e o Fuá do Terreiro vai muito além, pois, consegue com o seu trabalho, gerar visibilidade para a cultura popular do DF e do país; trabalhar a identidade local, com seus ritmos, histórias e personagens; desenvolver o lado artístico e cultural da população, com oficinas pela cidade; e ,também, provocar o imaginário e o lúdico das pessoas, que muitas vezes é apagado e esquecido pelo dia-a-dia, mas que se faz tão necessário para a alma e para a vida.

Galeria de fotos:

Parceiros estratégicos

Parceiros

Divulgação

Apoio